Blog 100% cristão! Dedicado aos apaixonados por Jesus Cristo e sua palavra.

Anuncio

26 de fevereiro de 2010

DEUS ESCOLHEU SUA FAMÍLIA


De todas as famílias da terra só a vós vos tenho conhecido; portanto eu vos punirei por todas as vossas iniqüidades”, Amós 3:2

Em Amós 3:2, na primeira parte do versículo, Deus diz que escolheu a sua família. E em Provérbios 12:7, Deus diz que a família do justo permanecerá para sempre. Essa é chamada para a Família, permanecer firme para todo o sempre. Alguns me perguntam o que aconteceu no Haiti. Um dos estudiosos de catástrofes disse nos dos noticiários da TV, que o nome dessa catástrofe é BIBLIA. Essa resposta só a Bíblia tem.

Mas eu quero dizer que a casa do justo não será abalada. Deus está dizendo que de todas as famílias da terra Ele escolheu a sua família. Essa é uma palavra para hoje, para agora. Mas você pode me perguntar, então porque a minha família não é e não tem o que esperava ser e ter? A segunda parte do versículo nos dá essa resposta: É porque muitas vezes a família está envolvida no meio da iniquidade. Deus afirma em sua palavra que se houver iniqüidade, não haverá benção.

Essa é uma palavra de decreto familiar. Quando nos voltarmos para Deus, Deus vai se voltar para a família. Por isso, precisamos deixar toda iniqüidade, para que o Senhor abençoe a família.

PROTEGENDO A FAMÍLIA CONTRA AS CRISES SECULARES

Temos visto que a família tem passado crises terríveis, e se você está passando por essa crise, quero lembrar que toda crise é oportunidade para mudanças. Toda crise gera transformação, e dá oportunidade para conquista de novos territórios. Essa crise não vai derrotar a sua família, mas vai provocar mudança e conquista de novos territórios.

Mas, ao mesmo tempo, precisamos proteger a nossa família da crise secular. E para isso precisamos tomar algumas atitudes em favor de nossa casa. Hoje eu vou falar de algumas dessas atitudes que temos de tomar:

1 - Tirar a cultura secular de nossas casas.

Temos que tirar de nossas salas, revistas que não tem linguagem dos céus. Em Romanos 12:1-3, Deus nos diz que devemos reprogramar a nossa mente, e tirar todo lixo que está em nossa alma. Deus quer apagar o que é ruim do passado. Por isso vamos tirar a cultura do lixo mundano. Tirar revistas, jornais tendenciosos, coleção de músicas mundanas e qualquer tipo de vídeo que destroem nossa família. Essas coisas não trazem edificação para nós e nosso povo. Tenho visto homens apaixonados por Deus e mulheres brilhantes, porém com argumentos fúteis, com interferência de demônios. São perdições que essas pessoas permitem ter dentro de sua casa.

2 - Arrancar todo tipo de conversas tolas.

Depois de tanta palavra de libertação, cura nos encontros, as pessoas continuam usando palavras tolas, sujas, conversas sem maturidade, sem peso de glória. Devemos preservar uma linguagem sã e irrepreensível, para que o diabo não ganhe vantagem. Quantos casais estão por aí se arranhando em publico? Um ameaçando o outro, pois não entendem mais o caráter de aliança. Precisamos arrancar conversas tolas para que o diabo não continue ganhando vantagens.

3 - Deixar todas as amizades nocivas.

Tudo que perturba a paz da família tem que ser colocado fora de casa. Não deixe que amizades nocivas entrem em sua casa. Precisamos evitar situações suspeitas e constrangedoras para preservar a aliança dentro de nossa casa. É tempo de você ter coragem para romper com amizades que só fazem mal a família, e que perturba o ambiente familiar.

4 – Destruir passados que alimentam a alma e nos fazem voltar para o pecado.

Como exemplo, cartas de ex-namorados, fotos do passado pervertido, presentes que estão guardados até hoje e que foram dados debaixo de um espírito de encantamento. Entrei num dia na casa de um pastor. Tinha uma foto na sala da casa, a foto dos peitos para fora, calça coladinha, cigarro em uma das mãos e bebida na outra. Perguntei para ele que demônio era aquele, e ele respondeu que era foto de seu passado, para que os filhos vissem como ele era. No mesmo instante perguntei, se hoje os filhos conhecem a sua mudança. Não temos que mostrar quem éramos, mas quem somos hoje em Jesus. Ninguém tem direito de pegar o seu passado de volta, o passado já ficou para trás.

Evitar e destruir passado que nos fazem voltar para o pecado. II Cor 5:7, tudo vai se fazer novo em sua casa e na sua família. Não deixe o passado que alimenta a sua alma entrar na sua casa. Não fique com esse argumento na sua vida.

5 - Manter a linguagem da aliança.

Não vale a pena as pessoas ficarem se estranhando 24 horas em casa. Precisamos manter a linguagem da aliança porque o pacto é eterno. Eu repito, o pacto é eterno. Comece a aceitar o casamento porque o pacto é eterno. Em Deuteronômio 6:4-9, diz que o amor é uma decisão. No verso 5 diz: “Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças”, isso é decisão. O Pacto é eterno e indissolúvel, e sagrado. O pacto foi acompanhado por uma testemunha: o próprio Deus. Todo casamento em Deus, o primeiro convidado é Deus. É o primeiro que chega, e quem acompanha, Ele é o testemunha de seu casamento. Ele está vendo tudo.

Existem outras testemunhas, a família, a sociedade e o sacerdócio, mas estes não te acompanham na sua vida a dois. Deus, no entanto, te acompanha nessa aliança. Foi ele quem escolheu sua família, e o diabo quer destruir. Todas essas testemunhas têm restrições, pois não podem acompanhar sua família e ministério de perto, mas Deus conhece tudo e o que Ele ordena é : “Põe a tua casa em ordem”.

Conclusão

Nada mais é importante do que a família. Amigos, parentes são importantes, mas não são fundamentais. Vizinho, amigos não podem interferir no casamento, nem discipulador, ou discipuladora, que não têm testemunho familiar podem se intrometer. Não receba esse tipo de benção para sua vida. O pacto é eterno, indissolúvel e sagrado.

Esse ano será o ano mais extraordinário do MIR e para cada família desse ministério e todos os que estão debaixo de nossa cobertura. Deus diz: “A tua casa foi escolhida por mim, Sua casa será residência da paz. A casa do ímpio cairá e não será reconstruída, mas a casa do justo permanecerá para sempre. A iniqüidade não pode ficar na sua casa, para que a prosperidade se manifeste”.

Mensagem ministrada em 17.01.2010, no Templo do MIR, pelo Ap. Renê Terra Nova

Um comentário:

Poeta de um mundo caduco... disse...

Obrigada pelo privilégio de poder prestigiar seu espaço...

Saio daqui com uma enorme paz de espírito...

Lindo.

Bjim.

Adbox