Pages

13 de jun de 2016

TEMPLOS OU IGREJAS O QUE ESTAMOS CONSTRUINDO?

?

TEMOS VISTO EM TODO MUNDO TEMPLOS E CATEDRAIS BEM SUNTUOSOS, PELA SUA ARQUITETURA MOSTRANDO ASSIM TODA SUA BELEZA, ALGUNS TORNANDO-SE PONTOS TURÍSTICOS EM ALGUNS LUGARES.
FICO OBSERVANDO, QUE A IGREJA EM SUA HISTÓRIA PREOCUPOU-SE MUITO COM PROJETOS ARQUITETÔNICOS E DEIXANDO UM POUCO DE INVESTIR EM MISSÕES .
QUE SEU PROJETO MAIOR É GANHAR ALMAS.EM SUA MAIORIA HOJE ESSES TEMPLOS E CATEDRAIS SÃO MAIS PARA MOSTRAR UMA OSTENTAÇÃO DE PODER RELIGIOSO DEMOSTRADO ATRAVÉS DA HISTÓRIA. NÃO ME COLOCO CONTRA TAIS CONSTRUÇÕES ME COLOCO SIM COM FOCO EXAGERADO DE ALGUNS LÍDERES QUE DEIXAM DE CUIDAR DE PESSOAS E VEM A OPORTUNIDADE DE GANHAR STATUS SOCIAL E ALGUNS COM CERTO COMPORTAMENTO DE DOMINAÇÃO DE MASSAS SOCIAIS.SE COLOCANDO OU SE ACHANDO ''DEUS'' DEIXANDO SUA FUNÇÃO MAIOR DE PASTOREIO E NOBRE DADA PELO NOSSO SENHOR JESUS APASCENTA MINHAS OVELHAS. TEMPLOS NA VERDADE TEM DE SER UM LUGAR DE APRISCO LUGAR DE PROVISÃO ESPIRITUAL,PORQUE NA VERDADE DEUS NÃO HABITA EM TEMPLOS FEITOS POR MÃOS DE HOMENS E SIM TEMPLOS TRANSFORMADOS DE SEPULCROS CAIADOS EM TEMPLOS DO ESPIRITO SANTO .
 

ASS:PR ANTONIO MATIAS

12 de jun de 2016

Preciso da sua ajuda

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/lentes-canon


Me apaixonei por fotografia e quero me aposentando trabalhar com fotografia e continuar o  meu ministério ,pois fotografo os eventos na casa do PAI ETERNO.Já tenho a câmera digital Canon 60D estão faltando as lentes.Espero que vocês me ajudem a realizar meu sonho.

9 de fev de 2016

“... NÃO NOS DEIXES CAIR...”

Myrtes Mathias

Senhor,
Tu me deste um coração sensível,
uma grande necessidade de ternura
e me mandaste ao mundo
com uma ordem:
“Sê uma benção.”
Isto é desafio que se faz aos fortes,
ordem que se dá aos grandes,
missão que se entrega a heróis.
E eu sou pequena, Senhor,
pequena e frágil,
pequena e vulnerável.
Deste-me uma ordem racional
e eu, Senhor – pobre de mim! –
só tenho coração.
O mundo não gosta de alguém assim.
Por isso, então,
cheguei até aqui
sedenta de compreensão,
em busca de libertação,
um desejo enorme
de voltar para perto de Ti.
Verdes ondas de sonho
me fizeram olhar o céu
e desejar estrelas,
como a princesinha da lenda,
que pediu a lua.
Que fiz, Senhor, da ordem Tua?
Não passo de uma criança doente,
caída aos pés frios da realidade,
mãos estendidas,
implorando, assim,
a Ti, meu Pai, que tudo podes:
- Salva-me!
pois eu não sei tomar conta de mim...
(Extraído do Livro: “Poemas Para Meu senhor” – págs.23-24)