• This is Slide 1 Title

    This is slide 1 description. Go to Edit HTML and replace these sentences with your own words. This is a Blogger template by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com...

  • This is Slide 2 Title

    This is slide 2 description. Go to Edit HTML and replace these sentences with your own words. This is a Blogger template by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com...

  • This is Slide 3 Title

    This is slide 3 description. Go to Edit HTML and replace these sentences with your own words. This is a Blogger template by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com...

31 de out de 2009

Esse é o Meu Deus

Sabia que Deus gosta dos loucos? Não? Então veja se não tenho razão:

- Alguma pessoa normal chegaria em frente ao mar e diria:
ABRE-TE!?

- Alguma pessoa normal olharia para cima e gritaria para o sol:
PARE!?

- Alguma pessoa normal diria para um morto há 3 dias:
LEVANTA-TE E ANDA!?

- Alguma pessoa normal bateria com o cajado numa pedra para tirar água?

- Alguma pessoa normal mandaria o mar e o vento ficarem quietos?

-Alguma pessoa normal ficaria quietinha, sentada dentro de uma
jaula com leões famintos?

- Alguma pessoa normal ficaria rodando em volta de uma cidade
durante 7 dias, cantando, até as muralhas da cidade caírem?

Hum...eu acho que não! Parece brincadeira, mas hoje eu estava pensando sobre isso, e resolvi que também vou ser "louco"!

Sabe o que é isso?

Uma coisa chamada FÉ!

Quando a gente tem FÉ, olha e vê o invisível! E nem se importa com o que os outros vão falar ou pensar. Deus é que precisa ver!

22 de out de 2009

Derrubando as Muralhas da Alma


Texto: “... pois como imagina na sua alma, assim é...” (Pv 23,7a)

Introdução:
Sai ano, entra ano, e quase sempre fazemos nossos planos, promessas de realizarmos mudanças em nosso comportamento, em nossas atitudes, mas por diversas vezes nos encontramos em situações nas quais desistimos de nossos projetos, da jornada pelo novo, para acabarmos em continuar na mesma situação do ano que se passou. Alguns estudiosos da área de recursos humanos e psicologia até afirmam que tais pensamentos de mudanças ficam nítidos em nossa cabeça por umas duas no máximo quatro semanas.
Mas se queremos mudar então porque agimos de tal maneira? Se queremos tanto uma vida diferente no ano que se inicia porque paramos no caminho com os projetos de mudança, que muitas vezes estão na direção do Senhor, e continuamos a viver como antes?
Poderíamos destacar vários pontos que nos levam a agir assim, vários tipos de motivações que nos levam a desistência, mas a verdade amados, é que esquecemos de princípios básicos da vida cristã e do mundo espiritual e isso se torna a razão principal de nosso fracasso no processo de construção de algo novo.
Precisamos entender que toda ação precisa ser planejada, precisa ser trabalhada de tal forma que possa ganhar vida, mas isso não pode apenas acontecer num projeto escrito num papel, ou numa conversa com a família, isso precisa primeiro acontecer dentro de nós, para ser mais preciso na nossa alma. O projeto precisa ser bem desenhado em nossa alma, e ela precisa fazer parte do projeto, não pode ser mera espectadora, mas sim parte do todo para que o projeto deixe de ser um sonho e se torne uma realidade. Mas para isso precisamos de uma alma limpa, sem entulhos, para que assim ela também possa ser mais protegida e resistente as investidas do inimigo.
Se quisermos realmente mudar de vida, de atitudes, precisamos Derrubar as muralhas de Jericó de nossa alma ferida, e levantarmos as muralhas de uma alma chamada Jerusalém, cidade do Senhor.

1- Os ataques do inimigo começam na alma:
É provável que todos nós saibamos disso, é provável que também saibamos que nossos sentidos são portas de entrada para nossa alma, e são eles os alvos do inimigo para nos atingir, mas a pergunta é: Se sabemos disso tudo porque ainda caímos nas armadilhas postas em nosso caminho?
A resposta é simples, nossa alma quando está carregada de entulho se torna um imã para mais entulho, ela passa a gostar do pecado, pois o pecado alimenta suas fraquezas e suas feridas podres, o pecado mesmo que momentaneamente traz satisfação para alma ferida, e isso é algo raro em uma alma que está submersa em lixo, em entulhos. Quando nos deparamos com uma cilada do inimigo até vemos que é algo errado, mas nossa alma acaba por pedir pelo erro, para que pelo menos naquele instante ela se sinta melhor em sua situação de aflição. Isso pode ser exemplificado de várias formas e é possível que você tenha vários “tristemunhos” sobre o assunto; como naquele mês em que você está apertado para pagar algumas contas importantes e ai vem à vontade de não entregar o dízimo, é naquela situação em que falamos do erro dos irmãos para poder esconder o nosso, e por ai vai, os exemplos podem ser infinitos.
Essas coisas só acontecem porque o inimigo conhece a Palavra de Deus e ele sabe que assim como sua alma se vê você o é, e deste modo ele tenta de todas as formas fazer com que sua alma fique presa no jugo do pecado, presa na falta de perdão, nas feridas feitas pelas mágoas pelas ingratidões e etc. Sabendo como nossa alma se vê ele têm então, toda uma direção de como nos tentar.

2- Como podemos então mudar essa situação?
Precisamos ser sinceros com nós mesmos, e procurar dentro de nós o que têm de entulho em nossa alma, o que têm de podre, procurar onde esta a falta de perdão, onde está a mágoa, onde está a baixa estima, onde está o desejo do pecado, porque ali com certeza existe uma ferida na alma. Assim que identificarmos essas feridas, esses entulhos, precisamos então tomar uma decisão: não posso mais viver com isso, se quero me aproximar de deus...
É chegada a hora de lançar fora todo medo, toda mágoa, toda falta de perdão, todo entulho, todo lixo. Em algumas culturas é normal quando entra um novo ano, o ato de se jogar fora coisas velhas que estão guardadas em casa, mas que não são mais utilizadas, que perderam a utilidade, assim precisamos fazer com nossa alma, jogar fora tudo que é inútil e colocar o amor de Deus no lugar destas coisas. Já em outras culturas é comum pintar as coisas velhas, limpá-las, fazer com que tomem a aparência de algo novo, esse comportamento é o que nos prende no pecado, não precisamos e nem podemos mascarar nossas falhas, não precisamos de novas máscaras, precisamos confessá-las a Deus e nos limpar delas, chega de ficar colocando roupa nova em pecado velho.
Diga basta, diga chega, é tempo de parar de lamber feridas, é tempo de limpar a sujeira escondida debaixo do tapete, é tempo de limpeza e do renovo em nossas vidas. Aleluia é tempo de cura... Glórias a Deus.

3 – Precisamos mudar nosso pensamento:
Deus nos fez filhos por adoção em Cristo, então precisamos agir como tais. Precisamos não apenas jogar o entulho fora, mas precisamos realmente mudar nosso modo de ver as coisas, e de como nos vemos também. Lembrem-se sempre: “... assim como minha alma me vê, assim eu sou...”
Então mude sua maneira de pensar, de falar sobre si próprio, pare de se ver como um derrotado, um pobre coitado, um João ninguém, comece a se ver como Deus o vê e isso se refletirá em sua vida.
Deus te vê como um vencedor, um filho amado e querido, nós somos menina dos olhos de Deus, então comece a se ver dessa forma. Aleluia.

Conclusão:
Queridos Deus espera de nós, todos os dias, por um posicionamento, espera de nós, a vontade de mudar e o comprometimento com essa mudança, e, sabe por quê? Porque Ele pode nos mudar, Ele pode nos ajudar e quer fazer isso, mas só fará quando dermos o primeiro passo, quando dermos a legalidade para que Ele possa agir. Deus nunca vai agir se você não o convidá-lo para realizar essas mudanças.
Deus está com seus ouvidos atentos e suas mãos estendidas para nos abençoar, assim que ele ouça o barulho do entulho sendo lançado para fora de sua alma e de sua vida a mão Dele estará derramando benção sobre benção na sua vida, e o tão esperado processo de cura na alma.


Seja tu uma benção não apenas em 2009, mas sim em todos os anos de sua vida, até a volta do senhor, pois:



O tempo esta acabando, Jesus esta voltando para buscar sua noiva...



Prs. Walter e Ana – Monte Sião – Bairro de Fátima – Serra – ES
prwalterg12@uol.com.br

12 de out de 2009

Diante da Luta, Confie no Senhor e Vença

Introdução: Quantas vezes temos nos deparado com situações onde as sensações de impotência, de medo e de derrota, têm falado mais alto em nossas mentes e corações? E isso mesmo antes que a palavra final sobre tal situação já tenha sido dada.
São situações no casamento, no trabalho, na igreja, onde por mais que tentemos, não conseguimos ver uma solução, onde nossos sonhos mais parecem ser apenas uma vaga lembrança, uma promessa vazia e distante.
E diante dessas situações de aperto, acabamos por ficar paralisados, sem nada fazermos para que algo mude; ficamos inertes esperando a derrota final ou quem sabe, muito raramente, ainda acreditamos em um milagre.
Amado talvez a luta que você vive hoje pode ser muito grande, muito complicada, muito maior do que você, mas com certeza ela nunca será maior que o Deus a quem você serve.
Então, vejamos algumas coisas que podemos e precisamos mudar diante destas situações para que o quadro fique a nosso favor.

1. DIANTE DE UM GRANDE PROBLEMA NÃO CONGELE; MARCHE, LUTE
Israel ao ser afrontado pelo gigante ficou congelado de medo, não conseguia tomar a iniciativa de reação e dia, após dia, era humilhado pelo seu inimigo.
Enquanto todos estavam parados, sem tomar um posicionamento o exército inimigo tomava a frente, e se fortalecia crendo na vitória certa.
Quando todos estiverem olhando apenas o problema, a afronta mova-se dê o primeiro passo, faça a diferença. Deus só precisa que um comece a fazer que comece a buscar e orar, para que Ele dê a Vitória.
O problema é em casa? Sente-se sozinho? Lute, creia, persevere, pois Deus é contigo, faça a diferença. Quando Davi se movimentou e fez a diferença, todo o exército se moveu e a vitória foi dada a Israel no nome do Senhor nosso Deus.

2. NÃO DÊ OUVIDOS AO QUE O INIMIGO FALA; ELE É MENTIROSO
O exército de Israel estava pronto para a batalha, pronto para a guerra, porém quando iam à direção do seu objetivo pararam e ouviram os argumentos do inimigo, e após terem ouvido temeram.
Não tente negociar nada com o nosso inimigo, nossos ouvidos não foram feitos para serem depósitos de suas mentiras, mas foram feitos para ouvir a voz do Nosso Senhor. Aleluia.
Davi quando analisou a situação, não deu ouvidos ao que o inimigo dizia, mas tomou para si o que Deus já havia feito na vida dele, apenas agiu conforme ele sabia que Deus faria em sua vida.
Ele não acreditava em circunstâncias, mas sim no Deus da fidelidade.

3. LEMBRE-SE: VOCÊ NÃO LUTA NA SUA FORÇA, MAS NA FORÇA DO SENHOR ENTÃO FAÇA A DIFERENÇA
Se Davi olhasse num espelho, ou se desse ouvidos as palavras de Saul dizendo que ele não poderia vencer, pois era apenas um jovem e que ele era um verdadeiro guerreiro, então Davi deixaria de lado o sonho de ver o exército de Israel derrotar seu inimigo.
Quando os argumentos do inimigo não fazem efeito sobre nossa fé, então temos de tomar cuidado com as palavras de alguns amigos, que não nos vêem como Deus vê, eles nos vêem como pessoas cheias de problemas, às vezes de pequena fé, de pouca preparação, e ficam temerosos em nos encorajar a fazer algo, pois não crêem que Deus irá conosco, não conhecem o projeto de Deus para as nossas vidas, e analisam tudo de forma racional e lógica, trazendo palavras que nos desencorajam a ir em frente e vencer, nos afastando de nossos sonhos.
Quando temos um propósito no Senhor, e temos em Deus essa convicção precisamos ir adiante e fazer tudo conforme Deus nos ordenar a fazer, para assim sermos abençoados, pois nada faremos de nós mesmos, mas sim na força e na direção do Senhor.

4. QUANDO RESOLVEMOS FAZER A DIFERENÇA, OUTROS TAMBÉM SE MOVEM
Depois que Davi fez a diferença, cai as escamas espirituais dos olhos do exército de Israel, e então eles conseguem perceber a realidade da vitória do Senhor sobre os inimigos.
Às vezes as pessoas que nos cercam não conseguem ver o agir e a providência de Deus em nossa vida, mas quando vamos em frente e o Senhor com seu poder começa a nos abençoar, isso serve de encorajamento para que outros sigam em frente também deixando de lado as coisas erradas, os medos e marchando para a vitória em Cristo Jesus, unindo-se a nós e alcançando a concretização de seus sonhos.


Conclusão: Deus te chamou para ser vencedor, para fazer a diferença e não quer que você pense que os sonhos Dele para você morreram, porque esses sonhos só param enquanto você estiver parado.
Não pare de lutar, continue, vença, pois o Senhor sonha junto contigo e você não estará sozinho. Aleluia, AMÉM!


Pr. Walter Louzada Belidio de Moraes e Pra. Ana Lúcia Barbosa de Souza Moraes

5 de out de 2009

Fé e sabedoria

Meus irmãos, sintam-se felizes quando passarem por todo tipo de aflições.
Pois vocês sabem que, quando a sua fé vence essas provações, ela produz perseverança.
Que essa perseverança seja perfeita a fim de que vocês sejam maduros e corretos, não falhando em nada!
Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos.

Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro.
Quem é assim não pense que vai receber alguma coisa do Senhor,
pois não tem firmeza e nunca sabe o que deve fazer.